Prefeitura de Areia reduz gastos com combustíveis e economiza recursos

Mesmo com a política de aumentos constantes dos valores dos combustíveis no ano de 2017, a Prefeitura Municipal de Areia conseguiu economizar recursos no gasto com gasolina e diesel. O Tribunal de Contas do Estado disponibilizou um painel de acompanhamento de todas as cidades e o aplicativo mostra que Areia conseguiu baixar os gastos com combustíveis em relação a 2016. Em 2017 foram empenhados R$ 522 mil e no ano anterior tinham sido R$ 627 mil.

O município está entre os 60 que menos gastaram na Paraíba em 2017. O estudo aponta também que Areia gasta menos que todas as cidades circunvizinhas, excetuando apenas Pilões. O levantamento do TCE mostra ainda que a principal aplicação dos recursos em combustíveis são destinados ao transporte escolar, cerca de um terço. Outra demanda grande é a da área da saúde. Areia está entre as 20 cidades que mais gastaram com deslocamento para internações hospitalares e, ainda assim, conseguiu manter o bom índice de economicidade.

O relatório mostra ainda que em 2016 houve mais despesas com combustíveis do que o necessário e que em 2017 a PMA teve menos despesas e, mesmo assim, conseguiu contemplar as necessidades com transportes. “Isso demonstra a eficiência do recurso público aplicado de forma correta”, disse o Secretário de Finanças, Leopoldo Gondim.

Para citar exemplos que demonstram essa economia, Leopoldo ressaltou que o prefeito João Francisco não usa carros oficiais, mas veículos particulares. Em função de atitudes como essa, a Secretaria de Administração é responsável por somente 0,3% dos gastos com combustíveis. A maior parte fica por conta da Educação, seguida da Agricultura, em função das máquinas que trabalham no campo, da Saúde, Assistência Social e Infraestrutura. Todos os dados podem ser checados em www.sagres.tce.pb.gov.br/sagres-paineis/apps/sagres-combustiveis.