Aprovados em concurso público começam a atuar em Areia

A Prefeitura Municipal de Areia deu posse na segunda-feira, 17, aos aprovados no concurso público municipal, que foram convocados pela administração, e que se apresentaram dentro do prazo estabelecido. Os candidatos empossados já podem começar a trabalhar e alguns já assumiram os seus postos.

Andressa foi uma das empossadas na solenidade de segunda, 17.

Nesta terça-feira, 18, a servidora Andressa Mayara de Lima, que vai atuar como enfermeira, já conheceu o seu ambiente de trabalho, o Hospital Municipal Doutor Hercílio Rodrigues. A mais nova funcionária foi recebida pela Diretora da unidade, Tatianne Elli, que apresentou os demais servidores, a estrutura e os serviços do local. A enfermeira começa a trabalhar na próxima semana, em conformidade com a escala multiprofissional do hospital.

Assim como Andressa, outros 35 concursados foram empossados. Eles foram chamados para os cargos de Agente Comunitário de Saúde, da cidade e dos distritos, Agente de Combate às Endemias, Auxiliar de Higiene Bucal, Merendeira, Auxiliar de Serviços Gerais, da cidade e dos distritos, Motorista, Gari, Técnico em Enfermagem, Enfermeiro, Médico Clínico Geral e Cirurgião Dentista. A PMA havia convocado 51 concursados, no entanto, os aprovados para os cargos de Farmacêutico, Médico do Trabalho, Operador de Máquinas, e Técnico em Laboratório, não se apresentaram.

De acordo com o Secretário de Finanças, Leopoldo Gondim, os classificados para os cargos em que os primeiros colocados não se apresentaram podem ser convocados em um segundo momento, assim como os aprovados para outros cargos que não foram chamados nesta primeira convocação.

A Prefeitura realizou um censo dos servidores, remanejou os funcionários, equilibrou as contas municipais e convocou os concursados de acordo com as vagas de cargos mais necessários para a administração no momento. O edital do concurso prevê esta possibilidade quando determina que “o Município de Areia reserva-se o direito de proceder às nomeações, durante o período de validade do concurso, em número que atenda as necessidades do serviço, de acordo com as vagas existentes, a disponibilidade orçamentária e a conveniência da Administração”.